Homem abre fogo perto de sede de agência inteligência da Rússia

Pelo menos um funcionário do FSB, órgão sucessor da KGB, morreu. Outras cinco pessoas ficaram feridas no ataque, no centro de Moscou.

20/12/19 – 10h53

Um homem fez efetuou vários disparos nesta quinta-feira (19/12), nos arredores da sede do Serviço Federal de Segurança (FSB), no centro de Moscou. Pelo menos um agente do FSB morreu e outras cinco pessoas ficaram feridas.

“Um desconhecido abriu fogo contra o número 12 da rua Bolsháya Lubianka. Há feridos”, segundo nota divulgada pela assessoria de preço da corporação, que é o serviço secreto russo, antes conhecida como KGB nos tempos da União Soviética. Dois feridos são membros da agência.

O comunicado aponta que o autor da ação foi neutralizado e a identidade dele ainda estava sendo apurada. O ataque ocorreu às 17h40 (11h40 em Brasília).

A polícia isolou a área ao redor da sede do FSB após o tiroteio O FSB ainda apontou que havia apenas um atirador e negou relatos de que ele conseguiu entrar  no saguão da sede da agência.

A imprensa local informou que o atirador usou um fuzil de assalto AK-47 Kalashnikov.

Vídeos do incidente postados nas mídias sociais mostram o que parecem ser policiais armados correndo por uma movimentada área comercial perto da sede do FSB.

O incidente aconteceu às vésperas do aniversário da fundação da Cheka, precursora da KGB, enquanto o presidente da Rússia, Vladimir Putin, participava de um evento dedicado ao extinto órgão, no Kremlin.

0h

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *