Atirador deixa vários mortos em hospital na República Tcheca

Homem abre fogo em sala de espera e mata ao menos seis pessoas na cidade de Ostrava, a 350 quilômetros de Praga. Segundo a polícia, suspeito foi encontrado morto dentro de veículo.

10/12/19 – 11h01

Um ataque a tiros num hospital na República Tcheca deixou, nesta terça-feira (10/12), ao menos seis mortos e dois feridos, informou o primeiro-ministro do país, Andrej Babis, a uma emissora de televisão local.

A polícia informou que o suspeito foi encontrado morto em seu veículo, após fugir do hospital. Ele teria cometido suicídio ao perceber a aproximação de policiais. Uma grande operação de busca havia sido deflagrada com utilização de dois helicópteros, até que foi encontrado o veículo, um Renault Laguna, utilizado pelo suposto atirador.

“O homem de 42 anos atirou em sua própria cabeça antes que os policiais pudessem agir e morreu”, disse a polícia local através do Twitter.

Segundo Babis, o incidente ocorreu numa sala de espera do Hospital Universitário da cidade de Ostrava. Ele disse que o suspeito abriu fogo à queima-roupa, diretamente contra a cabeça das vítimas.

O diretor do hospital, Jiri Havrlant, afirmou a uma emissora de televisão que cinco das vítimas morreram no momento do ataque e outra durante uma cirurgia. Eram quatro homens e duas mulheres, todos adultos.

Outras duas pessoas – um homem e uma mulher – foram submetidos a cirurgias após o ataque. As autoridades disseram que o hospital foi evacuado e que a polícia reforçou a segurança em diversos pontos do país.

Ostrava, com 290 mil habitantes, é a terceira maior cidade da República Tcheca. Está localizada a 350 quilômetros de Praga, 10 quilômetros da fronteira com a Polônia e 50 quilômetros da Eslováquia.

 

Deutsche Welle

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *