Filas no mutirão da biometria diminuem, mas TRE reforça risco de cancelamento de títulos

A Justiça Eleitoral ressalta que o fato de o cancelamento não ser imediato não torna a situação eleitoral regular.

22/11/19 – 09h53

O número de filas no mutirão da biometria do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), no Centro de Eventos, diminuiu, durante a manhã desta quinta-feira (21), diante da possibilidade do título não ser cancelado imediatamente após o fim do prazo do cadastramento em Fortaleza – que termina no dia 29 de novembro.

No entanto, no período da tarde mais pessoas buscaram o Centro de Eventos para cadastrar a biometria e o TRE-CE encerrou o expediente do dia dentro da média, com 7 mil eleitores atendidos.

A coordenadora do cadastro eleitoral do Tribunal, Lorena Belo, esclarece que o fato de o cancelamento não ser imediato não torna a situação eleitoral regular. Ela reforça, ainda, que o título pode ser cancelado a qualquer momento após o fim do prazo.

“A revisão biométrica de Fortaleza se encerra dia 29 de novembro. A gente percebeu que houve uma procura muito grande na medida que o prazo final se aproximava, e hoje (quinta-feira) diminuiu. Se as pessoas tiverem como perspectiva um outro prazo, certamente nós enfrentaremos novos transtornos daqui a alguns meses”, reforça.

Além disso, ela reforça que os eleitores que não puderem comparecer ao mutirão devem procurar um posto de atendimento do Tribunal o mais rápido possível, pois o processo de cancelamento, geralmente, não demora meses, e sim “alguns dias”.

“Então, fica o alerta para a população de Fortaleza aproveitar a estrutura do mutirão, onde nós temos 120 guichês, uma capacidade para atender 8 mil pessoas por dia”, salienta.

Sem prorrogação

Na última quarta-feira (21), o Tribunal desmentiu informação de que prorrogaria o prazo para o recadastramento biométrico em Fortaleza até o início de 2020.

O TRE-CE ressaltou que a data de 6 de maio de 2020 é o prazo nacional para fechamento do cadastro biométrico, pois é quando o Tribunal encerra os procedimentos eleitorais e começa a se preparar para as eleições de 2020. No entanto, isso não altera o calendário de Fortaleza, que encerra dia 29.

Após o dia 29 de novembro, o TRE-CE continuará cadastrando a biometria, mas o título dos eleitores poderá ser cancelado a qualquer momento.

O órgão orienta os eleitores para procurarem regularizar a situação o mais rápido possível para evitar transtornos.

Mutirão

O mutirão do TRE-CE no Centro de Eventos, no bairro Edson Queiroz, vai até o dia 29 de novembro. Durante dias úteis, o atendimento ocorre de 8h às 18h, limitado à entrega de 8 mil senhas por dia. Aos fins de semana, o órgão não informa a quantidade de senhas, apenas o horário, de 8h às 12h.

Caso o título seja cancelado, o eleitor ficará impedido de votar, candidatar-se, inscrever-se ou receber o Bolsa Família, tomar posse em cargo público, emitir passaporte, fazer matrícula em instituições públicas de ensino, receber salários (se for servidor público) e contrair empréstimos em bancos oficiais.

Para mais informações sobre o cadastramento biométrico, o eleitor poderá ligar para o telefone 148 ou acessar o link na página do TRE.

 

Diário do Nordeste

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *