Ações de limpeza nas praias removem 1,2 mil litros de óleo no litoral cearense

Operação realizada na manhã desta quinta-feira (10) retirou resíduos de pedras na praia de Sabiaguaba.

11/10/19 – 09h48

A praia de Sabiaguaba, em Fortaleza, passou por uma nova ação de limpeza na manhã desta quinta-feira (10), após o surgimento de manchas de óleo no litoral nordestino. Equipes da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), em parceria com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), realizaram um processo de raspagem nas pedras para a remoção de resíduos. Até o momento, cerca de 1.250 litros de óleo foram retirados, somando as ações de todos os órgãos.

Cerca de 12 homens participaram da limpeza, com a utilização de equipamentos como escovas de aço e espátulas. De acordo com a Seuma, o número de trabalhadores já chegou a 25, em outras ações. Já a Semace realizou mais um sobrevoo em áreas atingidas, na última quarta-feira (9), e afirmou que as equipes responsáveis não encontraram novas manchas de óleo no litoral cearense.

As operações lideradas pela Pasta já recolheram 750 litros de óleo das praias da orla cearense em duas ações feitas deste o fim do mês de setembro. Segundo o diretor de diretor de Controle e Proteção Ambiental da Semace, Lincoln Davi, a limpeza realizada nas rochas precisa ser feita de forma mais cautelosa do que na areia da praia, uma vez que “a limpeza nas pedras é mais complicada, mas precisa ser feita. Se não for retirado, a maré alta pode vir, retirar esse material e remobilizar para as demais praias do estado”.

A coordenadora de políticas ambientais da Seuma, Edilene Oliveira, por sua vez, revela que a Pasta já incinerou 500 litros de óleo e faz um apelo à população para a preservação das praias. “Nos últimos dias, a gente retirou mais de 4 toneladas de outros materiais. A gente precisa que não tenha resíduo vindo nem do mar, nem da areia”.

 

Diário do Nordeste

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *