Obra na Av. Senador Fernandes Távora terá início pelo Conjunto Ceará

Requalificação deve começar em outubro e ser concluída em um ano; além de mudanças nos sentidos das vias, pacote inclui pavimentação, renovação de pontos de ônibus e de iluminação

26/09/19 – 12h07

A partir de outubro, o trecho da Avenida Senador Fernandes Távora entre os bairros Conjunto Ceará e Genibaú se transformará em canteiro de obras. É de lá que partirão as intervenções para requalificação total da via, que cruza pelo menos quatro bairros da cidade. A previsão é de que tudo seja concluído em um ano.

De acordo com a secretária municipal de Infraestrutura, Manuela Nogueira, o trânsito será afetado. “Mas a ideia é não interditar o tráfego 100% em nenhum trecho, as pistas serão somente estreitadas. É uma obra dinâmica, feita quarteirão a quarteirão, conforme a necessidade”, aponta a titular da Seinf. Os desvios necessários devem ser divulgados ao longo da obra.

A feira que funciona em um dos pontos da avenida será realocada, quando as intervenções avançarem até lá. A Seinf garante que todo o processo será conduzido em acordo com a Regional V.

A obra será executada por etapas, começando pelo Conjunto Ceará e seguindo até o Terminal da Lagoa. A necessidade de mudança na infraestrutura do corredor Lagoa/Conjunto Ceará, segundo Manuela, foi identificada a partir da Pesquisa Origem e Destino, em elaboração pela Prefeitura de Fortaleza.

Em março do ano passado, um projeto semelhante para a região chegou a ser anunciado, mas “não foram aprovados recursos para o início da obra”, como justifica Manuela. Agora, a ordem de serviço já foi assinada, nesta quinta-feira (26), pelo Prefeito Roberto Cláudio, e as obras estão garantidas.

Números

Serão 5,4 km de vias urbanizadas, com obras de drenagem, requalificação viária com a construção de galeria de drenagem, novas calçadas padronizadas e acessíveis, reforma de todo o pavimento com a implantação de novo asfalto e sinalização.

R$ 24,5 milhões é o investimento destinado à obra de requalificação da via.
Diário do Nordeste
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *