Líder trabalhista pede renúncia de premiê britânico, após decisão de alta corte

O comentário veio após a Suprema Corte do Reino Unido julgar mais cedo que a recente suspensão do Parlamento britânico, pedida por Johnson, é ilegal.

24/09/19 – 10h59

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse hoje durante conferência da legenda oposicionista que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deveria renunciar e se tornar o premiê “com menor tempo no cargo da história”.

O comentário veio após a Suprema Corte do Reino Unido julgar mais cedo que a recente suspensão do Parlamento britânico, pedida por Johnson, é ilegal.

Segundo Corbyn, a suspensão do Parlamento por Johnson mostra seu “desprezo” pela democracia e pelo Estado de direito.

“Eu convido Boris Johnson…a considerar sua posição”, disse Corbyn a integrantes de seu partido.

 

Diário do Nordeste

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *