Parque do Cocó receberá 30km de cercamento até o fim do ano

Gradis e mourões de concreto estão sendo instalados para conservar o espaço e facilitar áreas de lazer de frequentadores, informa a Secretaria do Meio Ambiente do Ceará.

09/07/19 – 11h11

O Parque Estadual do Cocó está recebendo cercamento com gradis e mourões de concreto. Ao todo, até o fim deste ano, 30km de áreas de preservação contarão com os novos equipamentos. De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a ação pretende “preservar o patrimônio histórico e cultural das comunidades, conforme estabelecido na Lei 9.985/2000”, que trata do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza.

Com investimento de R$ 9.253.157,87, por meio de compensação ambiental, o cercamento atinge áreas dos bairros Tancredo Neves, Dunas, Sabiaguaba e Edson Queiroz, na Estrada de Salinas e proximidades da comunidade do Dendê. Com início em 2018, a Sema prevê o término das intervenções até o fim deste ano. A área total de cercas no parque já possui não foi informada.

Já foram instalados 5km de gradil, material próprio para áreas mais urbanizadas e modificadas pela ação humana. Em nota, a pasta assegura a resistência e durabilidade do equipamento, dificultando o roubo “como aconteceu com o modelo convencional”. As cercas mourões de concreto, o segundo tipo utilizado na ação, são reservadas para locais afastados e menos urbanizados.

Além da conservação, o cercamento auxilia nos espaços de lazer, permitindo “à população uma forma mais segura de acessar trilhas, parquinhos, rio e locais para a prática de esportes em contato com a natureza”, informa a Sema. Sendo uma Unidade de Conservação (UC) de Proteção Integral, o parque tem a função de buscar meios de preservação da natureza.

 

Diário do Nordeste

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *