Cratera formada na Praia do Icaraí apresenta risco aos moradores, diz Secretaria de Infraestrutura

O órgão notificará a Defesa Civil para que esta solicite às pessoas que saiam das casas enquanto a reforma for realizada.

05/04/19 – 11h00

As casas que ficam próximas à cratera formada pela chuva registrada na madrugada desta quinta-feira (4), na Praia de Icaraí, em Caucaia, correm risco de deslizamento. O problema ocorreu na Rua Engenheiro Sandoval Sá, no bairro Sandes Veraneio. A Secretaria de Infraestrutura do município informou que vai entrar em contato com a Defesa Civil para que o órgão solicite aos moradores que se retirem do local até que as obras terminem.

Proprietário da residência que mais apresenta risco de ser atingida, caso o buraco fique ainda maior, o bancário Colaço Júnior conta que ficou sabendo do deslizamento de terra e da formação da cratera pelo vizinho, já que mora em Fortaleza e vai para a casa de praia esporadicamente. Segundo ele, embora preocupante, a situação não é uma novidade.

“Nota-se que as ruas aqui têm um desnível. Não é de hoje, mas de muito tempo. Já tenho essa casa em torno de 20 anos e até hoje não tivemos nenhum tipo de providência feita nessa região. Na verdade, não temos mais praia. Passa mandatos e mandatos e ninguém da Prefeitura de Caucaia e, infelizmente, não é dada nenhuma solução. Fizeram algumas medidas paliativas, mas ninguém sabe qual foi o resultado”, reclama.

O agente de viagens Carlos Carneiro afirma que o deslizamento de terra e a formação de buracos no solo próximo à vila de casas começou há pelo menos dois anos. O morador diz ter relatado o problema aos órgãos públicos da cidade, porém o caso não foi solucionado. “Infelizmente, no Brasil, tem que acontecer o pior para as pessoas tomarem uma atitude”, pontua.

Ele conta que a situação ficou ainda mais crítica durante os últimos meses, por causa da intensidade das chuvas, principalmente a que foi registrada na madrugada desta quinta-feira (4). O fato, declara, tirou a noite de sono de Carlos Carneiro, que ficou preocupado que a casa em que ele mora desabasse.

Vendo que a cratera estava bem maior que antes, ele diz que entrou em contato com a Defesa Civil e com a Secretaria de Infraestrutura de Caucaia (Seinf) para buscar a solução do problema. “Agora, que aconteceu o pior, estão se movimentando para resolver. Eles foram prestativos”, conta.

Outro morador do bairro, o professor de Física Valter Medeiros, explica que há alguns meses alguém retirou a areia para aterrar a frente da casa vizinha, que ficou mais próxima da cratera. “Eu ia até chamar a polícia, porque é um crime. Ele protegeu a área dele e acabou causando esse desastre. A verdade é que causou um problema geográfico”, relata.

Providências 

De acordo com o titular da Secretaria de Infraestrutura de Caucaia (Seinf), Eudes Holanda, toda barreira de contenção do mar foi degradada pela chuva, que ocasionou um deslizamento de terra e a falta de segurança dos moradores da área. A pasta está providenciando uma ação imediata para recuperar o local atingido.

Sacos de areia serão colocados e, em seguida, uma nova barreira de contenção será feita. A permanência dos moradores na vila é considerada um risco para eles, conforme a Seinf. O órgão notificará a Defesa Civil para que esta solicite que as pessoas saiam das casas enquanto a reforma for realizada. “Esse é um problema recorrente em quase todo o Icaraí. Estamos estudando uma solução definitiva para o problema”, conclui Eudes Holanda.

Informações do Diário do Nordeste
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *